quinta-feira, 19 de julho de 2018

a espera


a difícil espera por alguém 
que tenha ousadia e coragem 
de chegar aqui e me comer 
com esse rabo empinado!


quarta-feira, 18 de julho de 2018

eu quero é mais 20!

vez ou outra é preciso se reinventar. seja mudando de trabalho, de casa, de visual ou até mesmo de fantasias sexuais.
quando se está há muitos anos juntos, muita gente reclama da monotonia, da mesmice, do sexo sem graça, dos poucos beijos em pé.
ouço que  há quem dê por dá e há quem coma só pra não tocar uma punheta no banho. vai ali , soca,  goza e ponto!
felizmente não temos percebido isso por aqui, espero que nunca cheguemos nesse nível,mas depois de 20 e tantos anos juntos precisamos pensar,repensar e as vezes inventar o que fazer pra que o sexo não perca a graça.
trabalhar, trabalhar,trabalhar e esperar um dia x pra fuder não está nos nossos planos.
foi por pensar assim  que saí de casa animada e  disposta a ter uma noite diferente.
fui pro salão e mudei sem avisar, fiz surpresa . arrumei  uma mesa especial,tomamos um vinho enquanto pensávamos na próxima viagem , dei pra ele em lugares inusitados e esquecidos pela casa. 
fudemos como há uns 15 anos atrás ... não digo 20 porque apesar de sermos novinhos e termos fôlego suficiente,  não tínhamos a criatividade de hoje.
quando aprendemos a sentir o corpo, dar com vontade e disposição,quando aprendemos a ter mais prazer em fazer gozar do que em gozar, paro pra pensar que quero mais, mais que vinte, quero dar  até morrer ... quero dar pra quem só me fez crescer nessa vida, me mostrou que cada marca no meu corpo tem um significado e se estamos bem, tudo vai bem!



quinta-feira, 12 de julho de 2018

motel a seis

fomos e foi bom.  na verdade  foi bem bom!
nos conhecíamos dos "choppencontros" da vida,  numa época em que mesmo com medo de encontrar gente conhecida a gente ia.
marcamos nem me lembro bem como,só sei  que um dos casais foi no nosso carro e o outro num outro carro. pegamos dois quartos e lá dentro nos amontoamos num  só.
imagine só,seis pessoas com muito tesão, um quarto de motel de um tamanho médio e muitos gemidos. foi assim.
ainda paro e penso que nunca mais vi uma cena tão linda quanto a do Renato comendo uma delas na janela . alguém, me comia, quando de relance vi aquela bunda gostosa empinada pro pau dele, que socava freneticamente na buceta melada ( eu conseguia ouvir o som que saia da buceta dela, me julguem!)
enquanto um trocava a camisinha, outro já estava a postos, as meninas se pegavam, ouvíamos gemidos a todo momento.
quando essas coisas voltam a mente, penso que Renato e eu vivemos um tempo bom do swing no Rio, ou talvez tenhamos vivido uma fase boa nas nossas vidas e que hoje está muito mais difícil, porque se disseminou um conceito diferente do que conhecemos e vivenciamos. 
atualmente quando vamos a casas de swing, não conseguimos mais ver aquele swing raiz. 
o que temos visto é uma balada liberal,onde pouquíssimos casais reais se pegam, se exibem e "swingam" .
 o que temos visto é diferente do que curtimos e isso tem nos afastado cada vez mais.
hoje preferimos conhecer pessoas por vários meios e tentarmos em um motel qualquer,porque cansamos de ter que ir a barzinho primeiro, porque cansamos de levar bolo, porque mudamos .
acho que estou ficando velha,isso sim!

quinta-feira, 21 de junho de 2018

tbt

é aqui na areia da praia, de frente pro mar, sentindo esse vento ... é aqui  onde me sinto livre,leve,bem comigo mesma ,esqueço as neuras de que tô feia, gorda e que ninguém quer mais sair com a gente porque tô assim cheia de celulites... é aqui que recarrego a bateria e  transmito coisas boas  a quem me rodeia. é aqui que ligo o FODA-SE!


domingo, 17 de junho de 2018

Perguntas e Respostas

Desde 2008 quando criamos o blog sempre houve muita gente vindo fazer perguntas  de todo tipo , várias curiosidades e tal . 

Houve um amigo que deu a ideia de fazermos o post e o criamos . Vamos voltar pra ver se ainda rola curiosidade .


quinta-feira, 14 de junho de 2018

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Pode acontecer?

São Paulo que sempre nos alegra e nos excita nos decepcionou daquela vez.
Foi triste criar aquela expectativa.
Recebemos o leitor curioso no quarto do hotel que estávamos hospedados,mas segundo ele, a ansiedade não o deixou " chegar lá".
O cara vivia falando com a gente pelo skype , se demonstrava super folguento,mas na hora do pega pra capar, não rolou!
Parece que ele criou tanta expectativa quanto nós, mas pra quem dizia que ia fazer e acontecer, deu uma bela bola fora.
Aquele não foi nosso fds :(
Já aconteceu com vocês?

sábado, 2 de junho de 2018

o email errado que deu muito certo

quem nunca fez uma merdinha na internet que atire a primeira pedra.
eles fizeram a deles e a gente se deu bem. 
mas tudo de boa, sem stress, sem chantagens!
quando ele mandou um e-mail para o blog enviou com o e-mail dele,mas eis que conhecíamos o cara ... mandei um e-mail esclarecendo e marcamos um chopp. isso foi na véspera do nosso casamento.
dali até irmos pra um local apropriado muito e-mail correu pra lá e pra cá. 
combinamos e fomos no Paris Café. 
foi muito bom, porque além deles terem se realizado, ainda levaram uma amiga deles junto :P
até hoje já saímos várias vezes, fizemos várias doideiras juntos e agradecemos o furo inicial do amigo de infância do Renato.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

os primos no sítio

Os gemidos nos atraiam, o tesão subia e quando acordamos no dia seguinte eles riam pra gente com cara de safados!
Nos acomodaram no mesmo quarto e não havia outra opção a não ser fuder com eles ali.
O quarto extremamente escuro nos deixava ainda mais excitado mas não sabíamos qual era a deles.
Naquele dia a noite estávamos no ofurô quando eles disseram que tinham vontade fazer sexo no mesmo ambiente que outras pessoas mas que também seria legal se houvesse troca ( isso depois de muitas taças de vinho).  Não contamos de cara do que gostamos mas demos a entender que talvez rolasse.
E rolou... Do ofurô pro quarto e ... Transamos os quatro, esquecendo que entre alguns havia laço de sangue, lembrando apenas que quando o tesão chega ninguém segura!

pagando pra ver

Literalmente, no mais puro sentido do dito popular,pagamos pra ver!
Enquanto comíamos uma pizza resolvemos chamar aquela que seria nossa segunda opção.
A primeira opção anunciara que estava na cidade mas ao ligarmos não estava mais.
A tal que conseguimos estava na academia e pediu 40 minutos pra chegar ao motel combinado.
Chegamos no motel e a dita cuja nada . Aguardamos um pouco mais e ela avisou que estava a caminho.
Quando chegou, estava de cabelos molhados, uma roupa bem simples ( sem calcinha ) e de havaianas. Aff!
Ignorei e fui em frente. 
Renato estava no banheiro justamente no momento que ela subiu as escadas da suíte mais brega que já conseguimos num  motel.
Animada , fazia jus ao que descrevia no anúncio: " sou ótima atriz" 
Sentamos os três na cama e ela iniciou tudo. 
Meu medo sempre é esse, de como começar. Independente se estamos saindo com casal, single ou GP, começar é sempre meu dilema, por isso as vezes sou logo direta e reta!
A menina  começou comigo, perguntou se eu já tinha ficado com meninas antes ( vocês contam ou eu conto o quanto gosto? rs ) e partimos pro ataque.
De boquete duplo a três gozadas do Renato, vimos como uma hora pode render.
Transamos basante, superou as expectativas da Jana e agora já podemos dizer : valeu os R$500!


* ela era bem parecida com as fotos do anúncio,
 o que nos deixou mais felizes ainda.


quinta-feira, 31 de maio de 2018

rio das ostras

Das loucuras que já fizemos nessa vida, a maior delas deve ter sido sair de casa e ir até Rio das Ostras na casa de desconhecidos.
Combinamos pelo orkut ( das antigas) e fomos encontra-los no posto da polícia da cidade.
Quando chegamos lá a cidade estava inteira  sem luz.!
Seguimos o marido que estava de moto, chegamos na casa e víamos apenas a luzes de velas.
Entramos e eles nos convidaram pra um vinho com frios. Eu corri da bebida, Renato idem e fomos bem rapidamente pro quarto deles .  
O cara era voyer e a única coisa que disse foi que nos divertíssemos com a mulher dele e que ele fotografaria tudo na nossa câmera.
Foi divertido, não demoramos muito por lá mas saímos combinados que  NUNCA mais faríamos outra loucura daquelas.

quarta-feira, 30 de maio de 2018

boa tarde


amigos vizinhos na nossa cama

Trocamos meia dúzia de recados pelo CRS e fomos pra um barzinho no centro do Rio conhece-los. De lá fomos direto pro motel . Nunca foi comum  isso acontecer, tínhamos mil medos ,mas enfim,rolou!
Ela se dizia bi curiosa,mas depois confessou que passou a ter certeza de ser bi porque experimentou a delicia de ser tão bem degustada pela Jana ( modéstia passou longe agora!).
Dali por diante nos encontramos um milão de vezes. Na nossa casa, na casa deles, em festas , em  boates e sempre, sempre foi  muito bom compartilhar o prazer de tê-los com a gente.
Nos mudamos e nos distanciamos mas até hoje cada vez que nos encontramos o bicho pega.
Outro dia estávamos numa pizzaria em Ipanema e ligamos pra eles, que vieram voando de Niterói pra nos encontrar.
De lá acabamos parando  num hotel delicia no Flamengo, onde fudemos a noite inteira, provavelmente deixando outros hóspedes intrigados com tantos gemidos.
Aliás, já está na hora de aprontarmos outra dessa.







sexta-feira, 4 de maio de 2018

surpresas da vida


Era pra ser mais um fim de semana como outro qualquer, mas tivemos um pouco mais...
Saímos do Rio com o objetivo de relaxar e aproveitar o feriado! 
Chegamos sexta-feira à noite na pousada que tem um lindo visual, nos acomodamos e fomos passear! 
Na volta uma metida gostosa para não perder o costume e dormimos. 
No sábado o dia inteiro de praias e a noite um bom restaurante com vinho, repondo assuntos em dia e então surgiu a ideia de no domingo voltarmos  a uma Praia que já conhecemos de épocas passadas: a Praia de naturismo Olho de boi! (perceberam que estamos voltando a   ser naturistas? )
Sugestão aceita, praia confirmada!
Acordamos no domingo e após um bom café da manhã lá fomos nós! 
Para quem não conhece, para chegar a Praia Olho de Boi é preciso passar pela Praia Brava e atravessar uma trilha (subindo e descendo morro) de aproximadamente 20 minutos!
O visual lá de cima é mágico e quando se chega na praia a sensação de liberdade é indescritível, só vivenciando!
Chegamos na praia, demos aquela conferida em quem já estava por lá , tiramos a roupa e nos acomodamos! 
A frequência que encontramos por lá sempre a mesma: alguns homens solteiros, punheteiros, curiosos ,casais gays e o mínimo de casais de héteros. 
Após o primeiro mergulho podemos nos refrescar e conferir melhor: um casal de aparência legal sentados bem a nossa frente. Ela uma baixinha moreninha linda com a bunda e os seios lindos, do jeito que nós gostamos, e ele um homem normal, nada demais,mas também não de se jogar fora .
Enfim , tivemos uma maldade pois eles estavam conversando com um negão solteiro que estava por lá . Pensamos: com essa empolgação na conversa eles gostam do babado!!!
E não erramos!
Numa outra ida até o mar ,  a morena veio atrás da gente e puxou  conversa:
- água gelada, né? 
- pois é... mas aos poucos acostuma!
- nossa primeira vez aqui .
- ah, que legal, já frequentamos há muitos anos,mas também tinha um tempinho que não vínhamos.
Blablabla e ... Também curtimos!!!
Entre tantos risos e casos contados, chamamos pra irmos embora juntos. 
A ideia era almoçar e irmos pra pousada deles,mas foi no nosso carro mesmo que o bicho pegou!
A morena sapeca não gosta muito de mulher,mas de piroca ela adora!
 Caiu de boca no Renato e eu que adoro ver fiquei babando de tesão!
Mas não poderia deixar o marido dela na vontade. 
Chupei ele também, lambi minha mão, passei na buceta, ofereci pra ele e ele meteu em mim ali, de quatro ( não acho vaga fácil,mas pra fuder adoro ter carro grande! rs)
Trocamos de uma forma totalmente inesperada, adiamos o almoço pra um outro feriado , fomos embora tirar o sal ( e outras coisas mais ) do corpo e ainda deu tempo de ver um lindo por do sol no Porto da Barra!


segunda-feira, 23 de abril de 2018

livre


A sensação de liberdade é tão boa quanto a de estar presa a um monte de pensamentos gostosos.
A sensação de estar nua é tão boa quanto a de saber que alguém te observa.
Nossa segunda ida à praia do Pinho nos deixou com aquela sensação de que ainda queremos ir mais pras bandas de  lá!
Quando se vai ao Sul do país sempre se volta com uma sensação de que as coisas por aqui estão erradas,isso é triste.
Não me digam " vai pra lá então!", porque não é isso que quero. Quero um Rio melhor, porque merecemos!
Viajamos com uma sensação estranha, levamos um bolo federal na semana anterior , criamos uma grande expectativa e não deu em nada,mas quando vamos pra um lugar de paz assim, tudo é deletado da mente... Só voltamos pensando em aprontar , muito mais!!!